DSEI Araguaia realizou a primeira Etapa Distrital da 6ª CNSI

As eleições dos delegados que irão para a etapa nacional foi destaque na Conferência.

 

A primeira Etapa Distrital da 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena-CNSI foi realizada pelo Distrito Sanitário Especial Indígena-DSEI Araguaia em São Félix do Araguaia-MT, município localizado a 970 km a nordeste de Cuiabá-MT, no período de 06 a 08 de novembro de 2018, com a participação de 168 inscritos para debater as propostas consolidadas das conferências locais.

 

A solenidade de abertura foi iniciada com apresentações do Coral de jovens e danças culturais dos povos Karajá e Tapirapé, na presença da coordenadora do DSEI, Leila Maria Fonseca, da prefeita Janailza Tavares e do presidente do legislativo municipal, Antônio Mirando, além de Lilian Brandit, representante da Funai, Bissohana Karajá, presidente do CONDISI, caciques e representantes dos trabalhadores do Controle Social da SESAI, Marcos Pádua, e do relator da comissão organizadora nacional, Roberto Carlos.

 

Após a leitura e aprovação do regulamento, os participantes formaram 7 grupos de trabalho, com os delegados representantes de usuários, trabalhadores e gestores, além de convidados, para, juntos, aprimorar as 102 propostas consolidadas das etapas locais. Todos tiveram direto de participar por escrito ou por fala, cabendo somente aos delegados o direito de voto. Um trabalho denso e exaustivo, que avançou pelas noites nos dias mais intensos das discussões, como declarou Leila Maria, coordenadora do DSEI, “foi um grande esforço e desafio para a gente do DSEI, e estamos concluindo hoje a etapa distrital, cansados, mas com muita satisfação”. O resultado final apresentou 40 propostas originais aprovadas e 9 com destaque, totalizando 49. E, ainda, 8 moções e 7 diretrizes que irão compor o relatório para a 6ª CNSI.

 

O destaque da conferência foram as eleições dos delegados, uma aula de democracia que 80 usuários, 40 trabalhadores e 7 gestores proporcionaram, ao escolherem seus representantes de formas distintas. No segmento de gestores, a escolha foi consensual. Já entre os trabalhadores, a escolha se deu por voto secreto, enquanto os usuários optaram pelo voto aberto, após intenso debate. O pleito eleitoral foi realizado conforme regimento interno das Etapas Locais e Distritais, sendo eleitos 8 usuários, 4 trabalhadores e 4 gestores, totalizando 16 delegados, que estarão representando cerca de 5,2 mil indígenas das etnias Karajá, Tapirapé, Krenak, Maxakali, Avá-Canoeiro, Tapuia, Canela e Guarani, dos Polos Base nos municípios de Santa Terezinha, Confresa e São Félix do Araguaia, nos Estados de Mato Grosso e Goiás.

 

A 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena está prevista para ocorrer no período de 27 a 31 de maio de 2019 em Brasília-DF.

 

Por Luis Oliveira, Comunicação Sesai

Link álbum de fotos https://www.flickr.com/photos/6cnsi/albums/72157697682339240